Pérola: a moda de todas as estações

Pérola não é tendência, é um clássico! Famosa nos brincos, colares e pulseiras não é de hoje que as pérolas trazem elegância e sofisticação para o visual. Desde a antiguidade elas conquistaram seu espaço e são peça certeira no guarda roupa de toda mulher.   

Brancas, negras ou coloridas elas vieram para ficar.  Entra estação, sai estação e elas estão sempre nas vitrines trazendo um ar mais “cool” e mostrando toda a versatilidade que a peça pode ter.  

Neste ano elas vêm com tudo! Com tendência declarada e um visual mais fashionista, quem aposta nessas joias, além de seguir a tendência, garante a elegância do clássico. 

Com a globalização e ascensão de novas tecnologias, o acessório, que antes só a aristocracia usava, ganhou adaptações para todos os bolsos e isso é ótimo! Mas você sabe quais os tipos de pérola e como é feita sua produção? Separei esse post para falar um pouco sobre o assunto e também dar dicas de looks modernos usando e abusando do clássico. 

Formação das pérolas 

As pérolas são formadas dentro de moluscos a partir da ativação de seu mecanismo de defesa na presença de um intruso. Quando percebe o corpo estranho, a ostra libera uma substância lustrosa, chamada nácar ou madre pérola, que envolve o invasor, cristaliza e dá origem a pérola.  Todo esse processo pode ser feito de duas maneiras: natural ou por meio de cultivo. 

As pérolas formadas naturalmente são as mais raras e mais valiosas. Elas não precisam de intervenção humana para serem produzidas. Mas hoje, dificilmente você encontrará uma pura, sabe por quê? Esse tipo está praticamente extinto e a probabilidade de encontrar uma pérola é de um em um milhão. 

Já as cultivadas são formadas de uma maneira mais rápida com intervenção humana. Elas crescem dentro de “fazendas de pérolas”, verdadeiros criadouros desenvolvidos para atender joalherias. Nesses locais, os moluscos ficam em média 3 anos se preparando para receber o invasor. 

O intruso é implantado nelas por meio de mãos humanas em um procedimento cuidadoso e bastante delicado, mas mesmo assim não são todos os moluscos que chegam a produzir a pérola. 

Outro fator que diferencia a qualidade e as características dessas joias é que elas podem ser produzidas tanto em água salgada como em água doce. 

Para ficar mais fácil fiz um quadro apontando as diferenças de cada uma. 

Combinações 

Seja a natural, cultivada, de água salgada ou doce, a pérola tem seu caráter atemporal e traz consigo toda elegância capaz de transformar uma produção. Quando o assunto é combinação ela se destaca indo de looks mais casuais até aqueles mais sensuais e por que não também modernos. 

A atualidade chegou para as pérolas e eu vou mostrar que não é difícil se render a todo charme dessa joia. 

Para as clássicas, as pérolas sempre serão protagonistas. E para isso, nada melhor do que investir em peças produzidas totalmente com pérolas. Para as mais fofas e românticas, um par de brincos pequenos cai super bem dando mais delicadeza ao seu visual. 

Já aquelas que gostam de dar um ar mais moderno e contemporâneo que tal investir em um mix? Nessas peças, a pérola pode dividir seu protagonismo com outros metais dando um toque mais atual no acessório e garantindo um look marcante e todo cheio de personalidade.  

E para as que não são extravagantes mas também não são tão básicas assim, a aposta pode ser em acessórios que unem a pérola branca clássica com a negra, investindo em um visual mais misterioso e ao mesmo tempo sofisticado. 

Gostou dessas peças? Você encontra todas no site da joanajoias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.